AtualidadeDestaqueNacionalPolítica

Partido Socialista prepara congresso nacional

- publicidade -

 PS está a preparar o seu próximo congresso nacional para o segundo fim de semana de julho, em modelo misto – presencial e por via digital -, com os delegados a concentrarem-se em 13 diferentes pontos do país.

Fonte da direção socialista adiantou à agência Lusa que esta solução será analisada e votada na próxima reunião da Comissão Nacional do PS – uma reunião que o presidente deste partido, Carlos César, deverá convocar para março.

tarot terapêutico

Se este calendário do congresso nacional for aprovado, as eleições diretas (no universo dos militantes e simpatizantes socialistas registados) para o cargo de secretário-geral do PS deverão realizar-se na segunda metade de junho.

O processo de preparação do Congresso Nacional do PS arrancou na passada sexta-feira, na sequência de reuniões do secretário-geral, António Costa, com o Secretariado Nacional (o órgão executivo do partido) e com os líderes das federações socialistas.

Após estas reuniões com a participação de António Costa, o secretário-geral adjunto, José Luís Carneiro, e Carlos César acertaram já esta semana os próximos passos a dar para a realização da Comissão Nacional de março.

Por causa da epidemia de covid-19 em Portugal, o Congresso Nacional do PS, inicialmente previsto para maio do ano passado, em Portimão, tem vindo a ser adiado.

No calendário que foi definido no início do verão do ano passado, apontava-se a possibilidade de o congresso dos socialistas se realizar em março deste ano, o que já não vai ser possível em virtude da gravidade da atual situação epidemiológica no país.

Agora, a ideia da direção do PS é agendá-lo para o fim de semana de 10 e 11 de julho, com um modelo misto presencial e por meios digitais, evitando-se desta forma que haja uma grande concentração de congressistas no mesmo espaço.

Assim, os cerca de dois mil delegados estimados (entre eleitos e inerentes) para o congresso do PS serão distribuídos por 13 pontos diferentes do país, consoante as federações distritais a que pertencem, e os trabalhos serão seguidos em modelo de videoconferência.

Neste momento, segundo fonte da direção dos socialistas, o maior problema relaciona-se com a instalação dos delegados a eleger pela Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL), já que se pretende que no mesmo espaço não estejam mais do que duas centenas de pessoas.

O PS quer que os espaços que serão escolhidos para os delegados em cada um dos 13 pontos do país tenham uma capacidade de lotação superior a 800 pessoas, tendo em vista dar “totais garantias de segurança e de saúde pública”, sobretudo no que respeita a condições de distanciamento físico.

O último Congresso Nacional do PS realizou-se no final de maio de 2018, na Batalha, distrito de Leiria. De acordo com os estatutos do PS, os congressos nacionais do partido se realizam de dois em dois anos.

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui