BarreiroMobilidade

Partido Aliança critica falta de transportes para o Barreiro

A Direção Política Distrital de Setúbal do Partido Aliança emitiu um comunicado onde critica a falta de transportes para o Barreiro.

- publicidade -

A Direção Política Distrital de Setúbal do Partido Aliança emitiu um comunicado onde critica a falta de transportes para o Barreiro, onde visa principalmente a estação ferroviária de Penalva, que em 2004 foi construída para fazer interligação com aquela região.

A estação da Penalva, que custou ao erário público cerca de cerca 7,5 milhões de euros, continua sem transportes que sirvam a população do concelho do Barreiro. Tem uma área de 5 238m2, 600 lugares de estacionamento, lugar para transportes públicos coletivos e táxis. É um equipamento moderno, com acesso facilitado através de escadas rolantes e dois elevadores. Mas não serve a população”.

Segundo o Aliança, “a inoperância do poder local – Seja do concelho do Barreiro, sejam os limítrofes é gritante para o poder político e humilhante para a população na medida em que se vê impedida de utilizar um equipamento de grande importância na rapidez, no cumprimento dos horários e na comodidade”.

O partido refere que “um investimento desta ordem de grandeza tem de ter carácter utilitário. Foi construída porquê? E para quem? São perguntas a fazer ao poder central. Haverá formas de denunciar estas situações no sentido de as pressionar a agilizar etapas e desburocratizar práticas?”, questiona o Aliança.

No comunicado, o partido dá o exemplo de que “enquanto a estação da Penalva é quase o lugar “do morto”, a estação de Coina está, em toda a linha, a ‘rebentar pelas costuras’: o estacionamento é disso exemplo”.

Numa última nota, o Aliança sublinha que “a estação da Penalva continua deserta − De tudo: de gente, de gestão, de interesse pelos investimentos públicos. É a incúria praticada por quem sente que não tem de prestar contas. Aqui, tão perto de Lisboa e tão longe de políticas que a sirvam”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui