DestaqueJustiça

Parlamento poderá ser invadido nas próximas manifestações

- publicidade -

Elementos do Corpo de Intervenção (CI) da PSP dizem estar fartos de esperar por promessas feitas pela tutela e diretor-nacional. Em causa está a negociação que foi feita entre o movimento de agentes do CI da PSP e o diretor-nacional desta força de segurança, quanto ao pagamento de gratificados no policiamento do futebol e que segundo fonte próxima do movimento, o pagamento e outras promessas realizadas não foram cumpridas.

No próximo dia 21 de novembro, está marcada uma manifestação com elementos da PSP e GNR. Esta manifestação tem o apoio do ‘Movimento Zero’, um grupo que surgiu após a condenação de agentes da PSP por agressões a moradores do Bairro da Cova da Moura. Movimento esse que reúne operacionais destas forças de segurança.

Segundo o Correio da Manhã fontes do CI adiantaram que pretendem apelar a todos os seus elementos que forem destacados para o policiamento no dia do protesto que deponham os capacetes no momento em que a manifestação dos polícias chegue ao Parlamento. Adiantam ainda que está a ser feita uma análise para a possibilidade dos operacionais de serviço se desviarem do caminhos dos manifestantes, permitindo uma eventual invasão do Parlamento.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo