coronavírus

Papa Francisco pede que a vacina para Covid-19 não seja só para nações ricas

publicidade

O Papa Francisco pediu ontem que a futura vacina para a covid-19 não fique restrita a uma nação sem chegar a todos ou de ser dada prioridade aos mais ricos.

“Que triste seria se a vacina da covid-19 desse prioridade aos mais ricos. Que triste seria se fosse propriedade de uma só nação e não de todos”, desabafou o Papa Francisco.

Para o Papa, a “pandemia pôs a descoberto a difícil situação dos pobres e a grande desigualdade que reina no mundo”, e “o vírus, ainda que não faça diferenciações entre as pessoas, encontrou no seu caminho devastador, grandes desigualdades e discriminação”, acentuando as diferenças entre ricos e pobres.

Assim, o Papa Francisco pede que se cuide da “dupla” pandemia, encontrando a cura para a covid-19 que considera um vírus “pequeno, mas terrível” e que se encontrem soluções para o grande “vírus que é a injustiça social, a desigualdade de oportunidades, a marginalização e a desproteção dos mais frágeis”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui