Cantinho da BicharadaLisboa

PAN Lisboa denuncia falta de segurança em abrigos para felinos após destruição de equipamentos

- publicidade -

O Grupo Municipal do PAN na Câmara Municipal de Lisboa questionou em requerimento o executivo municipal sobre a destruição e reposição de abrigos para felinos na cidade.

A colocação de abrigos resulta do Orçamento Participativo de 2015 no qual saiu vencedor o Projeto 48, que visava a criação de Abrigos para Gatos de Rua, neste momento em fase de execução.

A proposta contemplava a aquisição de novos abrigos e colocação em articulação com cuidadores das colónias, com o tratamento arbóreo da área envolvente e ainda a identificação ou divulgação de cada colónia.

No entanto, há situações de perigo e falta de segurança nos equipamentos colocados, conforme refere o PAN Lisboa.

«No Bairro da Boavista, em Lisboa, um dos abrigos ficou praticamente destruído porque (de acordo com o que nos relataram) um cão que estava sem trela ficou preso na referida

estrutura, o que obrigou os bombeiros que o socorreram a destruir o abrigo de forma a desencarcerar o animal.

Segundo nos informou o denunciante, os animais da colónia em questão voltaram a não ter qualquer abrigo e local para se protegerem.»

No final de dezembro um acto de vandalismo destruiu o abrigo colocado na Rua António Gonçalves, na Freguesia da Penha de França.

«Segundo a cuidadora da colónia em questão, que é composta por cerca de uma dúzia de gatos, julga-se que se tenha tratado de um ato de vandalismo, sendo que a localização do abrigo não é a mais segura, uma vez que se encontra muito exposta, em pleno passeio, ao invés de estar recolhida, tal como estava a anterior estrutura construída e utilizada pela cuidadora da colónia para alimentar os animais, entretanto removida aquando da colocação do novo abrigo.»

O Grupo Municipal do PAN pretende saber «que diligências serão tomadas para restituir o abrigo do Bairro da Boavista e restaurar o da Rua António Gonçalves», se estes se tratam de «incidentes únicos, ou já foram identificados outros casos de abrigos danificados» e ainda «quantos abrigos estão por colocar e para quando está prevista a realização do levantamento junto dos cuidadores de colónias das suas necessidades».

O PAN pretende também saber se a autarquia de Lisboa pretende implementar vedações nos abrigos, bem como para recolocá-los em locais mais seguros, com vista a evitar novos atos de vandalismo e garantir a segurança dos animais das colónias.

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui