À Boa MesaAtualidadePalmelaTurismo

Palmela saúda prémios e medalhas de produtos da região

A Câmara Municipal de Palmela aprovou por unanimidade um conjunto de saudações a empresas e referências do concelho.

A “Nobre Terra” mereceu destaque ao arrecadar duas Estrelas para os seus biscoitos artesanais Borrachões, na 50.ª edição do mais prestigiado Concurso Internacional de Alimentação e Vinhos, Great Taste Awards 2021, que decorre anualmente em Londres.

Na saudação apresentada pelo executivo, estas “estrelas são considerados o “Óscar” no mundo da gastronomia, e os selos conquistados no Great Taste Awards garantem à/ao consumidor/a final a diferenciação na qualidade e excelente sabor desses produtos”.

Também a Casa Ermelinda Freitas, recebeu uma especial “saudação”, pela sua prestação no 28.º Mundus Vini Internacional Wine Awards 2021, o maior concurso de vinhos da Alemanha, que se realiza em Neustadt.

Importa referir que a adega de Fernando Pó foi eleita “melhor produtor português” e os seus vinhos foram ainda galardoados com seis Medalhas de Ouro e 10 de Prata.

Na primeira reunião pública do Executivo, foi ainda aprovada por unanimidade, uma saudação à Adega de Palmela, pelos resultados obtidos nos Prémios W 2021 do Crítico de Vinhos e Enólogo Aníbal Coutinho.

Adega de Palmela

A adega foi distinguida com dois selos Coutinho para os vinhos ANdega de Palmela Moscatel de Setúbal 2018 – Selo de distinção de Vinho Licoroso do Ano (para consumo diário) e Vale dos Barris Rosé 2020 – Selo de distinção de Vinho Rosé do Ano (para consumo diário).


A Adega Camolas esteve também neste “lote” de agraciamentos e saudações, pelas distinções obtidas no VinDuero-VinDouro, o Certame Internacional de Vinhos de Portugal e Espanha, uma referência no Território Ibérico.

Adega Camolas – Vinduero

Na edição deste ano, a Adega obteve cinco medalhas de ouro, distribuídas pelos vinhos Camolas Moscatel Roxo de Setúbal 2017, Camolas Moscatel de Setúbal 2018 e Camolas Grande Reserva – Vinha Velha 1931.

Cerca de 80 provadoras/es de prestígio internacional selecionaram os melhores vinhos da Península Ibérica, numa rigorosa série de provas cegas, que contou com mais de 900 vinhos e que decorreu no Município de Trabanca, em Salamanca.

Segundo a Autarquia de Palmela, estas saudações pretendem ser o “reconhecimento pela qualidade e diferenciação das marcas e dos produtos de Palmela e a sua afirmação internacional, promovendo os recursos endógenos”, ao mesmo tempo que destaca e “prestigia os seus vinhos como um valioso e representativo produto da diversidade cultural e patrimonial”, dando a conhecer o concelho e a região vinícola de Palmela.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.