Parceiros
DistritoPalmelaPolítica

PALMELA – “Precisamos de uma câmara que seja amiga de todas as pessoas”

Foi ao final da tarde desta sexta-feira que os sociais-democratas estiveram reunidos numa cerimónia de tomada de posse dos novos membros da Comissão Política Concelhia de Palmela. Uma cerimónia que ficou marcada com vários recados e intuições por parte de Carlos Vitorino que é reconduzido ao lugar de presidente do PSD Palmela.

Casa composta foi aquela que esta tarde recebeu a cerimónia de tomada de posse dos novos membros da Comissão Política Concelhia do PSD Palmela (CPC).

Caras bem conhecidas do panorama político local e nacional estiveram na adega Xavier Santana, em pleno centro histórico de Palmela para acompanhar a tomada de posse dos novos membros.

Membros esses que também eles são conhecidos localmente e até nacionalmente como o caso de Paulo Ribeiro, ex-deputado na Assembleia da República e atual vereador eleito pela Coligação Palmela Mais,e também vice-presidente da distrital do PSD.

O autarca enalteceu todo o trabalho que tem sido desenvolvido pela equipa de Carlos Vitorino, que irá exercer o seu último mandato de dois anos que terá o seu términoem 2020.

Paulo Ribeiro começou por cumprimentar a comunicação social presente, adiantando ser uma “comunicação social de Palmela livre e isenta”, mas palavras mais fortes viriam no discurso do autarca e vice-presidente da distrital do PSD. “Palmela está necessitada de uma nova política, estamos numa Palmela sem oposição”, afirmou.

Para Paulo Ribeiro é importante haver oposições que possam combater o poder político “que já governa há muitos anos os destinos do concelho”, deixando ainda a promessa de “enquanto existir o PSD em Palmela haverá uma solução para sermos oposição”.

“Obras em atraso no concelho”

 O vice-presidente e vereador do PSD apontou o dedo às obras que estão por arrancar no concelho.

Para o autarca o atraso no arranque das obras é de um <<poder desgastado>>: “As obras com candidaturas ainda estão por começar, refiro-me às encostas do castelo e à ribeira da Salgueirinha, enquanto em concelhos vizinhos, obras com candidaturas já começaram há muito tempo e estão a terminar”, erros que Paulo Ribeiro apontou o dedo ao executivo de minoria CDU.

“Quero afirmar mais ainda o nosso partido aqui”

Carlos Vitorino discursou nesta tomada de posse sob o olhar atento do presidente da distrital do PSD, Bruno Vitorino.

O presidente agora reconduzido por mais dois anos, está apostado em estar mais perto das populações, enumerando um leque de atividades que estão a ser desenvolvidas pelo PSD, como a realização de visitas a todas as freguesias e a organizar debates temáticos abertos à população. “Quero ainda ajudar o PSD nas próximas eleições, quero afirmar mais ainda o nosso partido aqui, localmente, e para isso cabe trabalharmos”.

Para o responsável da CPC do PSD, “o Partido Socialista (PS) de Palmela demitiu-se da tarefa de ser oposição da CDU porque têm os pelouros como a limpeza urbana e manutenção de Parques e Jardins entre outros, áreas que estão uma autêntica desgraça no concelho”, considerando ser importante estar ao lado das populações “o que atualmente não acontece”.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.