Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
AtualidadeCulturaLisboaPalmela

Palmela parceira do Lisboa Romana: site do projeto já está online

- publicidade -

Já está onlinesite do projeto Lisboa Romana – Felicitas Iulia Olisipo, promovido pelo Município de Lisboa e do qual Palmela é parceira desde 2018, integrando a Rede Metropolitana.

O lançamento do site está marcado para hoje, 14 de janeiro, às 17h30, online.

O projeto Lisboa Romana visa a promoção, valorização e divulgação pública do património arqueológico, com particular enfoque na época romana. Iniciado em 2017, é um projeto inovador de trabalho em rede, através de parcerias entre diversas entidades públicas e privadas, que se propuseram a reunir o rico acervo arqueológico da área geográfica ocupada pelo antigo município romano Felicitas Iulia Olisipo, sensivelmente correspondente aos atuais concelhos da AML – Área Metropolitana de Lisboa. É esse conhecimento que se propõe a disponibilizar até 2024.

Neste sentido, a metodologia de trabalho passou pela constituição das Redes Local (centrada em Lisboa) e Metropolitana (que reúne 19 concelhos, entre os quais Palmela), não se excluindo a possibilidade de alargar esta ação a outras redes de âmbito nacional e mesmo internacional.

O envolvimento e colaboração do Município de Palmela no projeto tem sido bastante importante, já que o seu território integrava a propriedade rural do antigo município romano Felicitas Iulia Olisipo, constituindo-se como lugar de fronteira entre Tejo e Sado, e pelo facto de Chibanes se assumir como uma fortificação romana, a par da existência de outras evidências que documentam a romanização de Palmela, como o Alto da Queimada e o Olho da Telha, em Rio Frio.

O site pretende divulgar de forma integrada e acessível ao público o conhecimento científico resultante das múltiplas campanhas de escavações arqueológicas realizadas na cidade de Lisboa e nos vários concelhos da AML, assim como a investigação desenvolvida nas universidades e centros de investigação.

Reunindo informação sobre mais de 400 sítios e/ou vestígios arqueológicos distribuídos por Lisboa e pelos 18 municípios parceiros, constitui-se como uma plataforma de apoio às/aos visitantes que querem conhecer o património arqueológico da região, complementada por uma App, que permitirá o acesso direto à informação dos diferentes sítios arqueológicos.

O território de Palmela integra, com os seus dados, o site do projeto, contribuindo para a divulgação do seu património e promoção turística do concelho, entre tantas outras ações programadas, como por exemplo, documentário, animações, exposições, mapas e aplicação interativa, eventos temáticos, edições científicas, encontros e congressos da especialidade em território nacional e internacional.

Para além do site e Facebook, o projeto passa também a marcar presença nas redes sociais InstagramTwitter.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui