Palmela

Palmela | Munícipes com faturas de água em atraso por “falta de papel”

- publicidade -

Na última reunião pública da Câmara Municipal de Palmela, dia 7 de dezembro, a questão das faturas de água em atraso foi colocada em cima da mesa, com a justificação dada a recair para uma “falta de papel”.

Raúl Cristovão, vereador do PS no município, questionou o porquê de existirem vários atrasos na chegada da fatura da água a casa dos munícipes, com esta demora, informa, a provocar constrangimento, uma vez que, quando chega, “está fora do prazo de pagamento”.

O vereador do partido socialista ressalvou ainda o facto do infortúnio provocar alguma agitação nos mais idosos e nas pessoas com alguma “iliteracia mediática”, que podem ter dificuldades em, posteriormente, regularizar a situação.

O executivo CDU respondeu que essa mesma questão foi colocada à ANE, que é a “empresa responsável pela emissão da faturação”, numa “reunião de emergência”, que justificou a situação com “uma grande dificuldade no fornecimento de papel”, dadas “as circunstâncias de mercado”.

Foi apontada pela edilidade que, se tratando de uma autarquia, a utilização de papel é frequente e não houve – à semelhança de outras empresas – este problema. Foi pedida à ANE, dada a resposta, que fosse dada “uma explicação mais plausível” e que “se retratassem junto de todos os clientes” lesados.

Foi ainda pedida uma “data do pedido do fornecimento de papel e uma declaração do fornecedor a dizer que a culpa imputável era dele próprio”.

Estes atrasos não são inéditos, com algumas queixas a terem sido feitas e dirigidas, “na sua maioria”, aponta o município, para além desta situação, aos CTT.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *