Parceiros
PalmelaSetúbal

Palmela | Munícipe acusa autarquia de “abandonar” localidades periféricas da vila

No âmbito da semana descentralizada de Palmela, a reunião pública do executivo teve lugar em Algeruz, no Grupo Desportivo Estrelas de Algeruz, na noite de 21 de setembro, com direito a intervenções de munícipes que habitam nas localidades da zona.

A primeira intervenção desta sessão, coube ao Sr. Carlos Nascimento, que colocou em cima da mesa o tema da Rua dos Marinheiros, cujo alcatroamento, dada a sua extensão “de cerca de 1000 metros”, segundo o mesmo, está para ser concluído desde a sua construção, há cerca de “8/9 anos” – nessa altura, apenas “300 metros foram alcatroados” e até “aos dias de hoje, ainda faltam 700 metros”, numa rua que tem “tudo”, como o saneamento básico de “esgotos, água e luz”.


O residente em Brejos do Assa apresentou ainda uma carta endereçada a ele, pelo presidente do município, Álvaro Amaro, datada de dia “16 de junho de 2021”, cujo conteúdo, segundo leitura, dizia que “a necessidade de asfaltamento da referida rua está recenseada e será integrada nas grandes opções do plano assim que houver disponibilidade financeira”, que o morador contesta e argumenta com a necessidade do município olhar “um pouco mais” para “Algeruz e Brejos do Assa”, onde “nada se fez, e nada se faz”, referindo inclusive sentir que estão “ao abandono”.

O presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Amaro, respondeu a Carlos Nascimento que não partilha “a mesma opinião” face “as considerações feitas”, informando ainda, e remetendo ao seu “período de vereação”, quando “as obras iam a meio”, que ficou concluído “o asfaltamento de uma parte do bairro que está dentro do perímetro urbano, com o compromisso do município em infraestruturar” essa mesma área pertencente à localidade.

Quanto à pavimentação, o presidente sublinha que “a Rua dos Marinheiros foi várias vezes discutida”, com a “apresentação da proposta e abaixo-assinado” feito pelos munícipes, cujas respostas foram dadas “com rigor e verdade” pela câmara, com a rua a ser “integrada nas grandes opções do plano” e já com um “orçamento e estudo” organizado e feito, sendo, assume Álvaro Amaro, um “compromisso político, que será feito neste mandato”, com a nota de será possível “saber o ano exato” em “outubro”, quando forem aprovadas “as grandes opções do plano” pelo executivo.

“Os investimentos são feitos onde são necessários”, com “os lugares a terem necessidades distintas”, refere o autarca, com o exemplo da construção da escola em Brejos do Assa, uma obra municipal, entre outros, ressalvando que foi feito “aquilo que é possível fazer” naquelas zonas periféricas do concelho de Palmela.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.