País

País | Uso de máscara deixa de ser obrigatório em transportes públicos

- publicidade -

O Governo aprovou, esta quinta-feira, o fim do uso de máscaras em transportes públicos e farmácias, a medida surge após o Conselho de Ministros, onde foi apresentada “uma tendência estável de casos” que permitiu ao avanço deste decreto.

Com estas condições o uso obrigatório de máscaras cai nos seguintes transportes: comboios, autocarros, táxis, Ubers, TVDEs, aviões e barcos. Farmácias também deixam agora de ser um espaço de uso obrigatório de máscara, deixando apenas os hospitais e lares de idosos, condicionados ao uso de máscara, de modo a prevenir a contaminação por Covid-19 e outras doenças.

A medida entrará em vigor a partir do momento que saia no Diário da República, data que ainda é desconhecida. Apesar de não ser obrigatório o uso de máscaras, alguns transportes públicos como Ubers ou TVDEs, podem exigir o uso da mesma caso queiram.  


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *