País poderá parar uma vez mais com a paralisação dos motoristas de carga geral

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias pode avançar com uma greve nas próximas semanas, caso a ANTRAM não acolha as suas reivindicações

0
42856
Tempo de Leitura: 1 minuto

Depois a paralisação do Motoristas de Matérias Perigosas onde o país esteve por um “fio” a parar, agora a “ameaça” parte dos motoristas de carga geral, o país pode ficar parado nas próximas semanas com a nova greve.

Os motoristas de carga geral afirmam estar solidários com os colegas que transportam matérias perigosas e que deixaram em Estado de sitio Portugal, em menos de 48 horas de paralisação a escassez nos Postos de Combustíveis foi visível, paralisação que levou o Governo de António Costa a decretar o estado de crise energética.

Segundo a edição online do Jornal Económico adianta que o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) pode estar a preparar-se para uma greve. O sindicato que representa os motoristas de carga geral critica o poder político de ceder perante a ANTRAM, os donos das transportadores rodoviárias de mercadorias e de criar lobbies económicos.

“Se a postura da ANTRAM não se alterar, o SIMM será o próximo sindicato a avançar com uma greve””, a “ameaça” parte de Anacleto Rodrigues, porta-voz do sindicato que conta com mais de 800 associados na sua estrutura sindical

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome