Parceiros
País

País | Patriarcado afasta sacerdote diocesano suspeito de violação

O Patriarcado de Lisboa comunicou hoje, dia 1 de agosto, que “recebeu uma denúncia relativa a um possível crime de violação praticado por um sacerdote diocesano”.

Pode ler-se ainda que o caso “não se enquadra no âmbito da Comissão de Proteção de Menores”, e, por este motivo, foi “comunicado às autoridades civis competentes”.


“Ouvida a vítima e o sacerdote, o Patriarcado de Lisboa decidiu dar início aos procedimentos canónicos previstos para este tipo de casos e afastou o padre de todas as suas funções até ao apuramento dos factos”, está escrito na mesma nota.

Esta instituição, que é liderada pelo Cardeal D. Manuel Clemente, afirma estar “disponível para colaborar com todas as autoridades competentes, tendo sempre como prioridade o apuramento da verdade e o acompanhamento das vítimas”.

Alegadamente, a vítima trata-se de uma mulher e o crime aconteceu em junho, tendo sido apresentada queixa na polícia.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.