Mobilidade

Painéis vão informar utentes de transportes públicos na área metropolitana de Lisboa

publicidade

Vão ser instalados 370 painéis de informação ao público em tempo real, no território da área metropolitana de Lisboa, para servir todo o setor dos transportes públicos rodoviários.

Os painéis, para além de veicularem estimativas de tempo de espera, em tempo real, servirão também para a difusão de avisos e outras mensagens relevantes para os passageiros, informa a Área Metropolitana de Lisboa.

A grande maioria (320) serão instalados na rua, junto às paragens e estações com maior movimento, e os restantes 50 ficarão colocados no interior de equipamentos públicos de grande afluência, como hospitais, polos intermodais, e lojas do cidadão, entre outros.

Os painéis informativos de rua funcionarão a energia solar, captada durante o dia, e armazenada em bateria para o período noturno. Será usada tecnologia E-paper (ou E-ink), com baixo consumo energético.

Os painéis informativos de interior, por sua vez, utilizarão tecnologias mais próximas da eletrónica de consumo (monitores LCD ou LED).

Segundo a AML estes «serão uma importante componente na promoção e valorização do serviço de transporte, contribuindo para a confiança dos utentes e para a redução do stress e desconforto associados à incerteza sobre o tempo de espera pelo transporte, e, por isso, uma peça importante na modernização e qualificação do sistema de transportes públicos, inseridos na estratégia da Área Metropolitana de Lisboa de promoção da mobilidade sustentável e da melhoria da qualidade de vida neste território».

O concurso para a aquisição destes painéis, com um valor total aproximado de quatro milhões de Euros, está aberto até ao final do dia 30 de novembro (na plataforma Saphety).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui