Parceiros
AveiroDistritoEconomia

OVAR | “Somos uma Câmara de Contas Certas, com uma excelente saúde financeira!”

Ovar é um dos concelhos que se pode orgulhar das suas contas que estão bem de saúde.

- publicidade -

O executivo liderado por Salvador Malheiro aprovou, ontem, o Relatório de Gestão e Contas do Município de Ovar, um documento que evidencia que 2021 foi um ano que permitiu conjugar o desenvolvimento integrado do território, o investimento nas Pessoas e a salvaguarda dos indicadores de excelência financeira.

Salvador Malheiro congratula-se com o documento apresentado, relembrando que “o contexto pandémico, com o consequente agravamento da crise económica e social, foi o pano de fundo do ano de 2021 e motivou uma atuação decidida e focada por parte do Município para acudir a quem mais precisava.   Dentro daquelas que são as nossas capacidades financeiras, e muitas vezes transpondo a fronteira do que são as nossas competências diretas, não deixámos ninguém para trás. Continuamos a compatibilizar a saúde financeira da Autarquia com a prestação de apoios sociais, económicos e de variada índole: às pessoas, às empresas, às coletividades e às instituições do concelho.”

O autarca adianta que “Somos Pessoas de Contas Certas.  Temos consciência de que é a excelente situação financeira que permite encontrar respostas abrangentes para as necessidades excecionais que surgem no exercício da gestão autárquica. Se fomos capazes de acudir a quem precisou – reduzindo a carga fiscal municipal, atribuindo apoios sociais e lançando programas de apoio económico –, tal deveu-se à gestão criteriosa, rigorosa e responsável que temos adotado desde 2013. Fruto dessa gestão criteriosa, pese embora os constrangimentos encontrados pelo caminho, conseguimos, em mais um ano de particular dificuldade, continuar a incrementar o índice de felicidade dos nossos concidadãos.” Neste sentido, revela que há obras concluídas, lançadas e planeadas para o futuro. Famílias, empresas, instituições e coletividades foram apoiadas. “Continuámos a fazer do Município de Ovar um “Território de Emoções” e de Igualdade de Oportunidades, com a mesma entrega, dedicação e coragem de todos os anos antecedentes”, conclui.

Sobre os indicadores de gestão, estes demonstram uma excelente saúde financeira, apresentando, por exemplo, um saldo do exercício de cerca de 4 Milhões €, o saldo de gerência de 10,4 Milhões €, uma taxa de execução global das Grandes Opções do Plano de 65%. E os indicadores de liquidez, autonomia, solvabilidade e endividamento continuam robustos.

Os documentos seguem agora para deliberação da Assembleia Municipal de Ovar e, posteriormente, serão disponibilizados no portal do Município.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário