Os Verdes exigem estudos para avaliar impactos da Siderurgia/Megasa em Paio Pires

Os Verdes remeteram ao Governo um projecto de resolução para que sejam realizados estudos epidemiológicos e ambientais para avaliar o impacto da produção da Siderurgia Nacional, na qualidade do ar e na saúde da população.

0
68
DIÁRIO IMAGEM

O Partido Ecologista Os Verdes exigiu esta quarta-feira a realização de estudos epidemiológicos e ambientais para avaliar o impacto da produção da Siderurgia Nacional, localizada no Seixal, na qualidade do ar e na saúde da população.

Em comunicado, Os Verdes anunciaram que entregaram na Assembleia da República um projeto de resolução com estas recomendações ao Governo no qual instam a que «proceda à realização de estudos epidemiológicos e ambientais para averiguar o impacto da produção da Siderurgia Nacional, no concelho do Seixal, na qualidade do ar e na saúde da população residente em toda a área geográfica circundante daquela empresa».

Os Verdes defendem ainda a divulgação pública dos estudos efetuados, dando deles conhecimento à autarquia e à Assembleia da República, bem como a instalação de uma «efetiva rede de monitorização da qualidade do ar» no município do distrito de Setúbal.

«É preciso dotar de mais estações de medição, por forma a garantir uma cobertura uniforme e real» e salientam que as questões ambientais têm uma «extrema importância» na qualidade de vida das pessoas e na saúde pública, frisando que é necessário «assegurar uma correta laboração e localização das atividades para um desenvolvimento ambiental e socioeconómico equilibrado e sustentável».

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome