Parceiros
Rubrica

Os Especiais

- publicidade -

Como Psicóloga e Terapeuta Familiar, ou como eu tanto gosto de dizer, enquanto “psicóloga da família”, um dos meus parceiros de trabalho preferencial é a escola. Sendo a psicologia educacional a minha primeira paixão profissional.

Quem priva comigo sabe como valorizo o papel do professor e das relações, pedagógica e de pares, que se estabelecem na escola. São estes os fatores que a diferenciam, de forma positiva, de um mero motor de busca onde podemos recolher informação. A escola são as pessoas que lá moram. E deve ser um lugar para se ser feliz. Só se assim se aprende. Só assim se cresce com autoestima e autoconfiança.

Acompanhei de perto as mudanças no domínio da educação especial e a sucessão de decretos de lei, até ao atual 54/2018. Entusiasmei-me com a mudança de paradigma e com o sonho da inclusão.

Infelizmente, constato no dia a dia os inúmeros preconceitos que continuam a empurrar milhares de crianças e jovens à exclusão e à infelicidade. São estes estigmas que levam a que muitos pais resistam a procurar respostas para as caraterísticas dos seus filhos, que continuam assim a sofrer com o insucesso escolar e a acumular sentimentos de rejeição e de frustração.

Enquanto ser “especial” diferenciar de forma negativa e não verdadeiramente inclusiva, a escola continuará a falhar no seu papel. Enquanto inclusão não for sinónimo de valorização positiva da diferença, os pais continuarão a ter medo e a esconder os seus filhos.

Ser “especial” NÃO é ser inferior, ou ter a vida facilitada na escola. Ser “especial” é ter direito de aprender. É ter direito a desenvolver o seu potencial máximo. É ter direito a amar-se. É ter direito à utilização de metodologias de ensino e avaliação adequadas às suas caraterísticas.

Ser “especial” NÃO É precisar da nossa pena, da nossa benevolência ou bondade.

SER ESPECIAL É SER ÚNICO. É TER DIREITOS IGUAIS E IGUALDADE DE OPORTUNIDADES.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário