Atualidade

Organizações e Igreja Católica unidos em manifesto contra a eutanásia

- publicidade -

Um conjunto de organizações sociais e da Igreja Católica lançou esta quinta-feira um manifesto contra a legalização da eutanásia em Portugal, que vai estar esta sexta-feira em debate no Parlamento.

Como signatários estão entidades como a Cáritas Portuguesa, a Universidade Católica, o grupo Cuf, o Instituto das Irmãs Hospitaleiras, o Instituto São João de Deus, o Refúgio Aboim Ascensão, a Casa do Gaiato de Lisboa, a FamiliarMente, Federação Portuguesa das Associações das Famílias de Pessoas com Experiência de Doença Mental, Apoio à Vida – Associação de Solidariedade Social, a União das Misericórdias e a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS).

«Apelamos uma última vez aos deputados para que revejam a sua posição no momento de votar a lei em plenário e, se estes persistirem nos seus intentos, ao Senhor Presidente da República para que faça o que estiver ao seu alcance para travar a legalização da eutanásia em Portugal», refere o documento.

«Numa hora sombria da história de Portugal, quando o país regista desde há duas semanas mais de duas centenas de mortes por dia, vítimas de Covid-19, no momento em que todos temos a responsabilidade de salvar vidas e de cuidar de vidas, na Assembleia da República, casa da representação democrática, um grupo maioritário de deputados fez aprovar em sede de Comissão Parlamentar de Direitos Liberdades e Garantias uma lei da Eutanásia a que dão o nome de ‘Antecipação da morte medicamente assistida».

Fonte: Agência Ecclesia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui