Parceiros
AtualidadeCovid-19

Ordem dos Médicos apela a revisão ‘urgente’ da organização do SNS no combate ao covid19

- publicidade -

O bastonário da Ordem do Médicos e o presidente do Colégio da Especialidade de Medicina Geral e Familiar apelam a uma revisão urgente da organização do combate à pandemia e a um reforço deste setor agora tão fragilizado.

Ambos relembram os dois anos em que os médicos de família foram tomados pelo acompanhamento de doentes com Covid-19, numa altura em que tem vindo a crescer o número de portugueses sem médico de família atribuído.

Num documento conjunto, que pode ser consultado no site da Ordem dos Médicos, são elencadas várias medidas críticas para esta área.

“A pandemia não acabou e o número elevado de novos casos diários merece atenção. Mas não podemos negar que vivemos, graças à elevada taxa de vacinação, uma fase diferente da Covid-19.

Por isso, não é compreensível que deixemos passar mais um dia que seja com os médicos de família ocupados com várias tarefas no âmbito da Covid19 e com excesso de burocracia e tarefas administrativas. É essencial libertar os médicos de família para se dedicarem em pleno aos seus utentes e doentes de sempre», defende o bastonário da Ordem dos Médicos.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário