Parceiros
Justiça

Operações da GNR resultam em 500 detidos, 200 por conduzirem alcoolizados

As operações de fiscalização levadas a cabo pela GNR entre 29 de julho e 4 de agosto, resultaram num total de 552 detenções em flagrante delito, a maioria por condução em excesso de álcool (211), segundo dados divulgados este sábado.

Foram também detidas 58 por suspeita de tráfico de estupefacientes, 19 por furto e roubo, 17 por posse ilegal de armas e arma proibida e 9 por violência doméstica e 4 por envolvimento em incêndio florestal.


Durante as operações, a GNR apreendeu ainda cerca de 7.500 doses de haxixe, 1.887 selos de LSD, 1.306,95 doses de cocaína, 928,8 doses de heroína, 764,884 doses de liamba, 18 comprimidos de MDMA, 8 doses de óleo de canábis.

Além dos estupefacientes, foram também apreendidas 28 armas de fogo, 14 armas brancas ou proibidas, 446 munições e 15 viaturas, adianta a GNR.

Nas ações de fiscalização de trânsito, os militares detetaram 7.628 infrações, das quais 1.720 por excessos de velocidade e 494 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 225 por conduzir ao telemóvel.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.