Mobilidade

“Operação Todos os Santos”: cinco mortos, 21 feridos graves e 5902 contraordenações

- publicidade -

O balanço da operação “Todos os Santos” 2022 registou 1 199 acidentes, dois quais resultaram cinco mortos, 21 feridos graves e 384 feridos ligeiros, informou hoje a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Ainda segundo a GNR, durante a operação foram fiscalizados 29693 condutores e detectadas 5902 contraordenações, destacando-se 1385 por excesso de velocidade, 598 por condução com uma taxa de álcool no sangue (TAS) superior ao permitido por lei, 242 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 165 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Recorde-se que a GNR, entre os dias 28 de Outubro e 1 de Novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”, realizou uma operação de intensificação do patrulhamento rodoviário junto das estradas com maior fluxo de tráfego, com vista a combater a criminalidade e a reduzir a sinistralidade rodoviária, para além de garantir o apoio e segurança de todos os utentes das vias.

Durante este período, que tradicionalmente provoca grandes movimentações de tráfego rodoviário, foram empenhados militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, os quais realizaram acções preventivas com o intuito de reduzir a sinistralidade rodoviária, dando especial atenção aos comportamentos dos condutores que coloquem em causa a sua segurança e a de terceiros.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *