AtualidadeDistrito Setúbal

Operação ‘Lava Tudo’ com buscas em Lisboa e Setúbal resulta

- publicidade -

A Autoridade Tributária e o Ministério Público fizeram esta terça-feira, 25 de Maio, várias buscas em Lisboa e Setúbal por suspeitas de fraude qualificada, associação criminosa e branqueamento de capitais.

A ‘Operação Lava Tudo’ é conduzida pelo DIAP de Lisboa e no âmbito desta, estão a ser cumpridos 27 mandados de busca, sendo 7 mandados de busca domiciliária e 7 não domiciliárias, 1 a escritório de advogados, 1 a escritório de revisor oficial de contas, 10 a veículos e 1 a cofre bancário, levados a cabo por cerca de 44 inspetores tributários e aduaneiros, 15 inspetores da segurança social e 51 militares da unidade de ação fiscal da GNR.

Os factos em investigação remontam aos anos de 2012 a 2019 e estão ligados à criação e utilização de diversas empresas fictícias de serviços de limpezas, sob cuja designação eram emitidas faturas falsas a diversas entidades públicas e privadas, designadamente Câmaras Municipais e hospitais.

Segundo um comunicado da Segurança Social, o procedimento visava «não só reduzir substancialmente as entregas de IVA nos cofres do Estado, como também a não entrega das contribuições devidas à Segurança Social.

Com esta atuação as empresas de limpeza visaram e conseguiram, praticar preços muito concorrenciais, conseguindo assim ganhar os concursos públicos.»


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui