Operação ‘Freshwater’ da GNR apreendeu 114 quilos de meixão vivo e deteve cinco homens

O Comando Territorial de Setúbal da GNR deteve no dia 8 de Fevereiro cinco homens com idades compreendidas entre os 20 e os 50 anos, por pesca ilegal, contrabando e tráfico internacional de meixão, em Setúbal.

0
390
DR - GNR
Tempo de Leitura: 1 minuto

O Comando Territorial de Setúbal da GNR, informa em comunicado que através do Núcleo de Investigação Criminal, deteve no dia 8 de Fevereiro cinco homens com idades compreendidas entre os 20 e os 50 anos, por pesca ilegal, contrabando e tráfico internacional de meixão, em Setúbal.

No âmbito de uma investigação que decorre há mais de um ano, foram realizadas várias ações de fiscalização e uma busca domiciliária.

Destas resultou a apreensão do seguinte material: 114 quilos de espécimes “anguilla anguilla”; 2 600 euros em numerário; 19 malas de viagem; 1 veículo e ainda diverso material para conservação e preparação para o contrabando internacional.

A enguia europeia (Anguilla anguilla), que na fase larvar é conhecida por meixão, estando esta classificada como uma espécie em perigo, tem vindo a sofrer um acentuado decréscimo nos últimos anos, em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução. Os 119 quilos de meixão correspondem a mais de mais de 400 000 espécimes , com um valor estimado de 855 000 euros no mercado final (países Europeus e Asiáticos).

O meixão apreendido, por se encontrar vivo, foi devolvido ao seu habitat natural.

Os detidos foram constituídos arguidos e presentes no Tribunal Judicial de Grândola, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome