Crime
Em Destaque

Operação Covid Free: PJ investiga alegado jogador infetado

Esta quinta-feira, dia 20 de maio, foram realizadas várias buscas domiciliárias e a laboratórios de análises clínicas. Em causa, está uma viagem realizada para o estrangeiro por um jogador de futebol alegadamente infetado.

- publicidade -

As investigações foram conduzidas pela Polícia Judiciária, um magistrado Judicial, magistrados do Ministério Público e membros da Unidade Nacional de Combate à Corrupção.

Numa nota pública, a Procuradoria-Geral da República reforça a gravidade em que consiste o crime público de propagação da doença, alteração da análise ou receituário, podendo ser punível a “pena de prisão com duração de um a oito anos.”

Para além deste corpo de investigação, contam também com a colaboração de membros do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge para a análise e eventual apreensão de “documentação e matéria probatória” a ser posteriormente analisada.

As diligências foram realizadas no Algarve e no Porto, sendo já anunciado pelo Futebol Clube do Porto a prestação de serviços e apoio nas diligências da mesma.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui