GrândolaJustiça

Oito detidos e apreendidas duas toneladas de pinhas mansas em Grândola

publicidade

A GNR deteve ontem um total de oito pessoas e apreendeu 1.985 quilos de pinhas mansas em duas acções que ocorreram no concelho de Grândola, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) e do Posto Territorial da GNR de Grândola.

Na primeira ação, os militares intercetaram e detiveram dois indivíduos, de 38 e 41 anos, por furto de pinhas, na freguesia de Melides, tendo já na sua posse dois sacos com 15 quilos de pinhas.

No decorrer das diligências policiais, foi realizada uma busca domiciliária que permitiu apreender 270 quilos de pinhas, 12 doses de haxixe e quatro armas brancas.

Os suspeitos foram detidos e constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Grândola.

Na segunda ação, os militares detetaram seis pessoas a apanhar pinhas mansas fora do período de colheita permitido, a pedido do proprietário da herdade.

Foi elaborado um auto de contraordenação e apreendidos 1700 quilos de pinhas mansas, tendo os factos sido remetidos ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A apanha da pinha mansa é proibida nesta altura do ano, por estar em defeso para a devida maturação do pinhão, sendo apenas permitida a sua apanha a partir de 16 de dezembro e até abril.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui