Atualidade

Octávio Machado deixa palavras que ‘incomodam’ o Estado e a Liga de Bombeiros

- publicidade -

Foi durante a cerimónia dos 82 anos de existência dos Bombeiros de Palmela, que Octávio Machado, presidente da Associação Humanitária, deixou fortes criticas ao Estado português e à Liga dos Bombeiros. O dirigente associativo começou o seu discurso com o tema da falta de financiamento às Associações Humanitárias de Bombeiros: “Muitas das associações estão em dificuldades, porque não tem a devida atenção por parte do Estado na área do financiamento“, mas esta foi uma das várias críticas que Octávio Machado deixou na presença da secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar e da deputada do PSD, Fernanda Velez.

Foram criados os EPIS nos bombeiros, criação essa do Governo, mas a Liga nem questionou quanto isso poderia vir a custar a cada associação. Nós aumentamos os bombeiros de Palmela todos por igual, não se admite um chefe de equipa ganhar menos do que o restantes elementos“, lamentou a falta de diálogo entre a Liga e os bombeiros portugueses.

Outro caso lembrado pelo presidente dos bombeiros foi o atraso nos pagamentos por parte do Serviço Nacional de Saúde, lembrando que os pagamentos estão a chegar cada vez mais tarde às associações, o que está a colocar em causa o bom funcionamento das corporações. “Outra coisa que eu não queria ouvir e ouvi ontem, foi alguém com poderes reconhecidos, se dirigir ao ministro da Administração Interna e pedir para que intervisse junto do seu colega da Saúde para resolver os pagamentos“, para Octávio Machado <<todos estão a jogar o mesmo jogo e a marcar na mesma baliza>>. Atualmente os bombeiros da região de Setúbal estão ‘obrigados’ a percorrer mais de 160 quilómetros com os doentes caso o Centro Hospitalar de Setúbal não consiga receber o doente que transportam, sendo encaminhados para o Hospital do Litoral Alentejano, para o dirigente a resposta de socorro e auxílio está garantida, mas não é admissível que casos como este estejam a acontecer.

Já no campo do ECIN, o presidente dos Bombeiros lembrou que os pagamentos ainda não foram recebidos, mas que os bombeiros da sua corporação vão receber ainda durante esta semana. Enalteceu o trabalho realizado pela Câmara Municipal de Palmela, quanto ao apoio que tem prestado aos três corpos de bombeiros do concelho, pois para o dirigente o apoio que tem recebido da autarquia não é um gasto mas sim um investimento.

Quero agradecer ao senhor presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Amaro…senhor presidente olhe para mim e não tenha medo de olhar, pois o trabalho que tem sido realizado pela autarquia de Palmela em prol dos bombeiros deste concelho é magnífico“, agradecendo o apoio que o município deu também para a realização das obras no quartel.

No final, foi batizada uma viatura que foi recondicionada pela corporação, depois do INEM ter cedido a ambulância aos bombeiros com a substituição por uma nova viatura do INEM a Palmela.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo