País

ÓBITO – Folclore de luto com a morte de Artur Morgado

Vários festivais de folclore foram acompanhados pelo fotografo de 87 anos, uma figura querida por todos os grupos folclóricos. O desaparecimento de Artur Morgado, o fotografo folclorista deixa um legado alto na história de uma cultura popular

Sempre com uma máquina fotográfica e de filmar nas mãos, Artur Morgado era conhecido pelos grupos de folclore como o homem multifacetado da arte de fotografia e filme. O fotografo que não perdia quase nenhum festival de folclore na Área Metropolitana de Lisboa morreu este domingo depois de entrar de urgência no hospital.

A noticia foi avançada por um familiar de Artur Morgado nas redes sociais, onde se despede de uma forma especial do fotografo de 87 anos.

Em novembro de 2014, o Grupo de Danças e Cantares da Fonte da Senhora, Alcochete, homenageou Artur Morgado pelo desempenho e dedicação que o fotografo dava às tradições populares.

Artur Morgado deixa um vasto trabalho fotográfico de centenas de registos de festivais de folclore por onde passou e acompanhou.

O data do funeral ainda não foi divulgada. 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.