O Marquês olheiro e preocupado!

Esta semana deixo-vos aqui com o meu editorial com o título que apresento, porque quero transmitir a alguns olheiros que também estou atento, eu e a minha equipa de jornalistas credenciada.

0
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

No últimos tempos, temos reparado que uma entidade municipal anda muito atenta por aquilo que se escreve aqui no Diário do Distrito, a atenção centra-se em diversos artigos publicados do seu concelho e com especial atenção aos meus editoriais, como foi o caso do último que escrevi sobre o aeroporto.

Também sei que um certo Marquês terá dito algures que “até são boas pessoas, mas depois o jornalismo estraga tudo”, pois é, não concordo com a última parte da frase “(…) o jornalismo estraga tudo”, porque já ando cá nesta vida há mais de 20 anos, comecei com o saudoso Pedro Laranjeira nas autárquicas de 2001 e a partir dessa altura continuei neste campo até há data de hoje.

Ainda acredito no jornalismo de investigação que serve muitas das vezes para desmascarar certos assuntos que muitos não querem que se saiba na opinião pública. Mas como dizia ali atrás, no meu editorial anterior falei sobre a postura de algumas autarquias (quando falo em autarquias, até me dói o coração, pois a instituição em si não tem muita das vezes culpa dos dislates que lhe são atribuidos, mas sim quem a governa) e até falei no derrube de árvores em Palmela, porque o assunto não é mistério algum, porque as pobres das árvores estavam nos sítios em que indiquei, mas o tema deu para que o Município em questão fizesse um comunicado de um dos derrubes de uma outra árvore que mencionei no meu editorial.

Já sei que o título deste meu novo editorial vai afetar um certo autarca, mas senhor presidente não se incomode, pois a maior parte dos meus editoriais são para vários marqueses que por aí andam.

Não se esqueça que o Diário do Distrito não é um jornal de província, embora em 2011 ainda fosse o tal jornal de província, mas não sei se foi sorte ou azar, nesta altura já tem o estatuto de âmbito nacional, portanto muita coisa que eu escrevo não se direciona ao senhor presidente, mas sim a outros marqueses como já referi.

Mas também é bom saber que está vigilante a tudo aquilo que escrevemos sobre o seu concelho, é sinal que é um autarca atento!

Isto para dizer que temos acesso às entidades que nos visitam diariamente e que informamos e não atacamos.

Boa semana!

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome