Opinião

O início de um novo ciclo…

Uma crónica de Pedro Dias.

- publicidade -

Domingo teremos eleições autárquicas. Sendo que a Ex Presidente Maria das Dores Meira não se pode recandidatar por limite de mandatos, quase todos os partidos e uma candidatura independente, decidiram atacar as rédeas da Câmara.

Todos os candidatos tiveram pontos válidos.

Muito se falou do futuro da cidade e de projectos (pequenos e grandes) que iriam implementar caso vençam. .

Falou-se também de uma menor carga fiscal para os Setubalenses. Acesso a uma habitação condigna e de valor justo e, várias soluções para as Águas do Sado.

Problemas de segurança e integração para pessoas desfavorecidas.

Infelizmente ninguém falou do Enorme (VFC), mas acredito que fosse assunto sensível ou simplesmente esperam para ver no que vai dar o clube desportivamente nos próximos anos.

Assunto também pouco ou nada abordado, foram as dragagens. Até agora ainda não sabemos os efeitos colaterais de tal empreendimento. E está para começar uma nova fase.

Ou até mesmo a Secil.

Sendo uma empresa que emprega muita gente torna-se um tópico difícil de conciliar com a proteção da Serra e do seu habitat.

Ponto comum a todos os candidatos são os problemas da cidade. Apesar de visões diferentes, concordaram todos que é vital melhorar o nível de vida dos Setubalenses. Seja com infra-estruturas camarárias, vias rodoviárias ou a criação de emprego.

Não sei quem irá ganhar, mas sei que quem vencer terá um longo caminho pela frente.

Mas sei que essa pessoa irá sempre, tentar fazer o melhor para Setúbal e para os Setubalenses.

Precisamos mesmo que a nossa cidade evolua de acordo com o seu potencial.

- publicidade -

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo