Política

Nuno Melo acusa a SIC de mentir e de lhe recusar o direito de resposta consagrado na constituição

- publicidade -

O eurodeputado Nuno Melo acusa a informação da SIC de ter mentido quando o citou na última reportagem sobre o Chega.

“Foi dito, a propósito de uma determinada fundação, o seguinte: ‘O eurodeputado Nuno Melo também integrou o painel de conselheiros, mas pediu para sair, assim que lhe perguntámos o que lá estava a fazer’. Acontece que o que a SIC noticiou é absolutamente falso. Em primeiro lugar, o jornalista não me perguntou coisa nenhuma. Na verdade nem falou diretamente comigo. Em segundo lugar, nunca fiz parte da fundação em causa, que curiosamente, até se diz na peça, tão pouco existe formalmente“, escreveu terça-feira nas redes sociais.

tarot terapêutico

Nuno Melo apelida a reportagem “de uma telenovela” criada pela SIC. “E, sendo o jornalismo feito de suposto rigor, a mentira transmitida, com fito mais do que óbvio, há de ser outra coisa qualquer”, completou.

O eurodeputado voltou a criticar a SIC ao avançar que lhe foi negado o direito de resposta por Ricardo Costa, o Diretor-Geral de Informação da Impresa: “da recusa de publicação do direito de resposta” enviado por ele, “para reposição da verdade, em relação à mentira transmitida” na reportagem.

“Lamentavelmente, o Dr. Ricardo Costa não percebe que o direito de resposta não é um favor. É um direito de quem é visado falsamente pela comunicação social, com consagração constitucional (art.º 37 da CRP) e legal ( art.º 65º e seguintes da Lei nº 27/2007)”, avançou.

As acusações subiram de tom: “Mas profundamente caricatos são os argumentos utilizados pela SIC e pelo Dr. Ricardo Costa, escudando-se por detrás do poder de um grande grupo económico e de informação para negarem o exercício de um direito básico e evitarem a reposição da verdade, no exato oposto do que deve ser o serviço público de televisão”.

Artigos Relacionados

2 Comentários

  1. Nao admira muito o prostituto e irmao do primeiro ministro que toma medidas anti populares de confinamento!
    Tais como podes ir ao dentista mas nao podes ir ao barbeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui