Parceiros
AlmadaCantinho da Bicharada

Núcleo de cavalos-marinhos na Trafaria vai ser acolhido no Oceanário após colapso de pontão

- publicidade -

O colapso de um dos pontões na Trafaria, na passada sexta-feira, colocou em perigo um núcleo populacional de cavalos-marinhos, que será agora recolhido e alojado no Oceanário de Lisboa até à sua devolução à natureza, foi hoje anunciado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A entidade indica ainda que esta operação será realizada esta segunda-feira, devido ao perigo em que ficou a colónia de cavalos-marinhos, das espécies Hippocampus, hippocampus e H. guttulatus, que vivem debaixo do pontão na Trafaria, já com graves problemas de conservação, necessitando de medidas de proteção específicas e urgentes.

No comunicado é também referido que «o núcleo populacional é de dimensão desconhecida, mas a densidade encontrada debaixo dos pontões parece ser elevada» e está colocada em perigo pelo colapso do pontão que, por questões de segurança, a Autoridade Portuária do Porto de Lisboa (APL) já anunciou ir proceder ao afundamento do que resta do pontão.

Para ser possível a recolha do máximo de animais, a APL adiou a sua intervenção no pontão,  e o ICNF emitiu as necessárias autorizações para a captura do maior número de espécimes de cavalos-marinhos da população, que será efetuada por peritos excecionalmente licenciados pelo ICNF para esta operação.

O Oceanário de Lisboa, que ficará responsável pelo acolhimento e manutenção dos espécimes de cavalos-marinhos até ao ICNF decidir sobre a sua devolução à natureza.

As espécies em causa estão listadas nos anexos da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção e no Regulamento Comunitário que aplica essa convenção na União Europeia.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário