Distrito Setúbal

Novos horários dos TST geram reclamações dos clientes

- publicidade -

O anúncio feito pela empresa Transportes Sul do Tejo (TST) de novos horários a partir da próxima segunda-feira, 6 de Janeiro, está a levantar várias críticas por parte dos utilizadores da transportadora.

Começa pelo facto de terem sido afixados apenas na sexta-feira alguns avisos em paragens, nomeadamente na Moita, levando a que muitas pessoas não tenham tido acesso à informação.

Na página da empresa consta a informação dessas alterações, embora sem indicação de quando a mesma ficou disponível.

Relativamente às carreiras, no caso da ligação entre Palmela e Pinhal Novo, os utilizadores queixam-se de que deixa de existir serviço aos fins de semana e na Moita, segundo uma cliente, Vanda Carvalho, a carreira 333 do Vale da Amoreira, Moita, à Gare do Oriente, Lisboa, «entre as 6h10 e as 09h30 realizavam-se 21 autocarros e passaram para 15, menos 6 com o agravante de terem desaparecido os 4 autocarros que saiam da BP da Moita.

No regresso, entre as 17h00 e as 20h30 realizavam-se 18 e passaram para 14, menos 4 autocarros. Ao sábado retiraram 2 autocarros na ida e no regresso.»

As alterações vão ocorrer nas carreiras 101, 107, 120, 133, 160, 162, 169, 176, 191, 203, 207, 211, 222, 223, 228, 229, 240, 243, 317, 318, 333, 431, 432, 435, 437, 453, 454 e 565.

A carreira 191 terá uma alteração de percurso, passando o seu inicio/términus para a estação ferroviária de Corroios.

Vão também ser suprimidas as carreiras: 101A: Cacilhas – Cristo Rei (Direta) – tendo como alternativa a carreira 101 – Cacilhas – Cristo Rei; 168: Lisboa (Praça Espanha) – Torre Marinha/Dep. Água (via Amora) – tendo como alternativa as carreiras 114: Cacilhas – Paio Pires (Centro) e 195: Pinhal Conde da Cunha – Seixal (TF) para o terminal fluvial do Seixal, e as carreiras  112, 195 e 2A, para a estação e comboios de Foros Amora; 260: Lisboa (Praça Espanha) – Sesimbra (via Laranjeiro) – tendo como alternativa as carreiras 203: Cacilhas – Sesimbra e 207: Lisboa (Pça Espanha) – Sesimbra (via AE); 583: Cacilhas – Setúbal (Rápida) – tendo como alternativa a carreira 783: Setúbal – Cacilhas pela EN10, o comboio Fertagus e complementarmente o Metro Sul do Tejo.

O Diário do Distrito solicitou hoje informação à TST sobre os motivos destas alterações e possível implementação de outras soluções e que respostas irão dar às reclamações dos utentes e aguardamos agora uma resposta.


Artigos Relacionados

2 Comentários

  1. Achei piada o vosso jornal ter colocado ‘ipsis verbis’ as palavras do meu post no facebook… podiam ter identificado a cliente do 333, mas se servir para solucionar o problema podem copiar à vontade ?

    1. Bom dia, por vezes não colocamos o nome da pessoa por uma questão de protecção de dados, mas se nos dá a sua autorização, temos todo o gosto em fazer a devida citação.
      Obrigado pelo seu comentário e cumprimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo