Parceiros
DistritoLisboaSociedade

Novo site da AML mostra alterações climáticas e meteorologia em tempo real

- publicidade -

Os dados meteorológicos dos 18 concelhos que integram a Área Metropolitana de Lisboa estão agora disponíveis on-line, e em tempo real. Trata-se do projeto Clima.AML – Rede de Monitorização e de Alerta Meteorológico Metropolitano, que através de um novo site, pretende estar mais próximo das populações das regiões da AML.

Esta página permite a consulta de um alargado conjunto de dados recolhidos em estações meteorológicas instaladas em todos os municípios da Área Metropolitana de Lisboa, equipamentos que em alguns casos se situam em edifícios municipais ou serviços das autarquias, e que funcionam em complementaridade com a rede do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Temperatura exterior, humidade, radiação solar e ultravioleta, velocidade e direção do vento são alguns dos parâmetros meteorológicos que podem ser consultados através das medições precisas e realizadas em tempo real pelas estações instaladas no âmbito deste projeto Clima.AML.

A rede de estações meteorológicas, que procura conhecer e analisar padrões associados às alterações climáticas em contexto urbano na região e os respetivos impactes nas comunidades, com o objetivo de reduzir vulnerabilidades, é enquadrada no Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas.

Além da instalação das estações meteorológicas nos municípios da Área Metropolitana de Lisboa, o Clima.AML, em desenvolvimento até 2023, conta com outras ações de índole climático, como a colocação de nove microssensores para recolha de informação para o estudo do fenómeno de ilhas de calor urbano.

Um projeto que contempla ainda a elaboração de estudos sobre a ocorrência de fenómenos meteorológicos amplificáveis em contexto de alterações climáticas e sobre a chamada ilha de calor urbano, o efeito que as áreas urbanas, em comparação com as rurais, originam na temperatura do ar.

Acrescentar que estão igualmente previstas ações de formação sobre monitorização climática, adaptação às alterações climáticas e planeamento urbano, assim como a criação de metodologias para o processo de monitorização de indicadores climáticos, a par de conteúdos formativos dirigidos à comunidade escolar sobre alterações climáticas.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário