coronavírusDestaque

Novo Estado de Emergência vai vigorar até 23 de dezembro

- publicidade -

O Parlamento aprovou esta sexta-feira a renovação do estado de emergência até ao dia 23 de dezembro, com os votos a favor do PS e PSD e da deputada não inscrita, Cristina Rodrigues.

O PCP, os Verdes, o Chega, a Iniciativa Liberal votaram contra, enquanto o Bloco de Esquerda, o CDS, o PAN e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira se abstiveram.

Já é certo que o período de exceção vai prolongar-se até ao dia 7 de janeiro, sendo necessário aprovar um novo decreto presidencial mais próximo do período do Natal.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, fez a intervenção em representação do Governo lembrando a “concertação e coesão nacionais e de órgãos de soberania – Governo, Presidente da República e Assembleia da República – com mais de 90% dos deputados a viabilizarem este estado de emergência” e sublinhou a redução do número de casos de covid-19 nos últimos dias.

Marcelo Rebelo de Sousa enviou na quinta-feira à noite para a Assembleia da República o projeto de decreto que renova o estado de emergência de 09 a 23 de dezembro, mas anunciou já nova renovação até 7 de janeiro de 2021.

O Presidente da República irá também falar ao país esta sexta-feira às 20h00.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui