coronavírus

Nova tecnologia elimina 99% das partículas do vírus em 1 minuto

- publicidade -

Uma nova tecnologia desenvolvida em Portugal tem a capacidade de inativar 99,97% das partículas do vírus SARS-CoV-2 no ar em um minuto. O projeto foi criado pelo pelo Campus de Tecnologia e Inovação da BLC3, em Oliveira do Hospital, em parceria com a Universidade do Minho e as Faculdades de Farmácia das universidades de Lisboa e de Coimbra.

O ensaio contou com 27 amostras diferentes. “Em um minuto, de 16.982 partículas do vírus SARS-CoV-2, apenas cinco partículas não foram inativadas (‘mortas’, no senso comum), o que deu um resultado de 99,97%. E, ao fim de cinco e 15 minutos, obteve-se uma inatividade total, 100%, e sem qualquer variação no comportamento do vírus”, disse hoje à agência Lusa o coordenador da investigação, João Nunes.

A nova tecnologia, denominada de AT MicroProtect, funciona com “‘física inversa’, que integra um sistema de emissão de comprimentos de ondas, de forma controlada e orientada, muito mais eficiente do que a radiação solar, com o desenvolvimento de algoritmo matemático e físico sobre o comportamento do vírus”, esclareceu o investigador.

O equipamento não recorre ao uso de químicos e apenas precisa de energia elétrica, sendo que existe a prioridade desta tecnologia ser aplicada nos setores da saúde, transportes, aeroportos, centros comerciais e lares de idosos, não esquecendo a hotelaria e a restauração.

Os resultados comerciais da tecnologia serão “aplicados para a investigação”, referiu João Nunes.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui