AtualidadeReportagemSetúbal

Nossa Senhora do Rosário de Tróia cumpriu círio marítimo em tempo de pandemia

- publicidade -

Está no ADN dos setubalenses a devoção a Nossa Senhora do Rosário de Tróia, há séculos organizada pela paróquia de S. Sebastião e pelos pescadores de Setúbal, celebrada no mês de Agosto sem data certa porque a procissão marítima tem de coincidir com as marés do Sado.

A pandemia de covid19 veio impedir a tradicional procissão a pé pela cidade até ao Cais das Fontaínhas, substituída por uma com as imagens religiosas transportadas por automóveis, e o acampamento na Caldeira de Tróia, onde se cumpria também uma procissão de velas à noite.

A Festa não teve também os tradicionais foguetes, e contou com a procissão marítima e missa solene, “e este ano é uma enorme fé que nos move, porque mesmo neste período pandémico e condicionado, não deixa de ter o envolvimento dos homens e mulheres devotos e crentes e ligados ao nosso rio, que ano após ano organizam estas festas”, referiu o vereador da Cultura, Pedro Pina, ao Diário do Distrito.

“Esta manifestação religiosa e cultural é também um acto simbólico da cultura setubalense, e que atrai muitas pessoas, e por isso a Câmara Municipal de Setúbal, como sempre tem feito, apoia com uma grande solidariedade este momento tão importante para a nossa cidade.”

O círio marítimo foi acompanhado por mais de cinco dezenas de embarcações, e também por “elementos do executivo camarário e da Assembleia Municipal, bem como presidentes de Junta e a presidente da Câmara Municipal, no barco que transportou a padroeira”, explicou o vereador.

Votos para o próximo ano “é de que voltemos a ter as festas a que todos estamos habituados, em todo o seu esplendor e à sua dimensão, e o município cá estará para continuar a acompanhar a comissão de festas, a quem agradecemos por toda a sua dedicação.

E este, como já disse, a fé esteve mais presente ainda, porque todos temos esperança que a ciência nos permita muito em breve voltarmos a fazer as festas na sua condição de sempre, e nisso é algo em que todos estamos empenhados.”

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo