Opinião

NEM RECOMENDO NEM DESACONSELHO OS PERITOS DA DGS

Uma crónica da inteira responsabilidade de Bruno Fialho

- publicidade -

Nesta semana que passou fomos brindados com mais uma confirmação de que os supostos peritos da Direcção Geral de Saúde (DGS) andaram a brincar com os portugueses durante a alegada pandemia do “coiso-19”, um vírus que, assim como apareceu, misteriosamente deu um sumiço tal que ninguém o consegue apanhar.

Assim, os peritos da DGS decidiram divulgar um comunicado onde dizem não recomendar nem desaconselhar a vacinação dos 18 aos 49 anos, mas não se opõem à disponibilização das vacinas às pessoas com menos de 50 anos, que, “por decisão individual”, queiram ser vacinadas.

Ou seja, agora que estamos a observar um aumento inexplicável de “mortes súbitas” por todo o mundo em pessoas com menos de 50 anos, que apenas é inexplicável para aqueles que acreditaram na “ciência” dos políticos nos últimos dois anos, os peritos da DGS e até os do mundo estão a tentar fugir com o “rabo à seringa” e a dar o dito pelo não dito, fazendo das possíveis sequelas das “picas” uma “decisão individual”.

Desde o início da alegada pandemia que os médicos que estiveram mais interessados em falar a verdade e a questionar o porquê de estarem a tentar impor-nos uma narrativa única, do que em receber avenças dos grandes laboratórios ou farmacêuticas, avisaram que as “picas experimentais” não eram seguras.

Agora que a taxa de mortalidade tem crescido substancialmente em todos os países que aderiram massivamente às “picas”, os peritos de outrora assobiam para o lado, porque sabem que eles são os responsáveis pelo assassinato de milhões de pessoas e que vão ser acusados de ser genocidas no futuro, depois de serem confirmadas todas as sequelas que as “picas” irão fazer aos mais incautos que as tomaram 4, 5 ou 6 vezes.

Relembro ainda que em Dezembro de 2021, o grupo de especialistas em pediatria e saúde infantil, que fazem parte da equipa de conselheiros da DGS, não recomendou a vacinação universal das crianças, mas a recomendação deve ter caído dentro do saco azul das avenças dos laboratórios e farmacêuticas.

Infelizmente muitos pais caíram no engodo dos políticos que queriam despachar as “picas” e obrigaram os filhos a serem cobaias e a tomar algo ainda em fase experimental.

Por tudo isto e muito mais, eu nem recomendo nem desaconselho os peritos da DGS, apenas sugiro que os deixemos de ouvir e peço para que venha um Governo de gente competente e sem corruptos, só estou a ver o ADN a sê-lo, para demitir essa gente que se armou em carrasco do povo.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *