Atualidade

Navio da Marinha regressa ao fim de 12 mil quilómetros de exploração marítima

publicidade

“O navio hidro-oceanográfico D. Carlos I atracou na Base Naval do Alfeite, perfazendo 62 dias de missão e 970 horas de navegação, tendo percorrido 6 800 milhas náuticas (mais de 12 593 km)”, comunicou a Marinha Portuguesa.

Esta foi uma campanha científica de 9 semanas, no Arquipélago dos Açores, que “acrescenta mais 37 500 km2 sondados ao Mapeamento do Mar Português, no âmbito do programa SEAMAP 2030 e da cooperação com o Governo Regional dos Açores”.

A Marinha informa que embarcaram no navio “quatro observadores de cetáceos, tendo sido avistados vários exemplares das espécies Balaenoptera borealis, Physeter macrocephalus e Grampus griseus”.

Estiveram também na expedição um médico e dois mergulhadores da Marinha Portuguesa, junto com uma equipa da Brigada Hidrográfica do Instituto Hidrográfico, “constituída por cinco militares especializados em Hidrografia, que realizou levantamentos hidrográficos costeiros e portuários nas ilhas da Graciosa e do Faial”.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui