OpiniãoRubrica

NÃO!!!

- publicidade -

Quer seja dito quase em surdina, tímido e assustado, quer seja gritado com tudo o que vem de dentro, um NÃO! Tem de ter sempre a mesma força e ser respeitado.

Ao longo dos séculos, meninas e mulheres têm dito que NÃO! Não querem mais desigualdades, não querem mais assédio, não querem casamentos precoces, não querem ser mutiladas, batidas, insultadas e subjugadas!

NÃO É SEMPRE NÃO!

Qualquer que seja a cultura, a religião, o contexto ou a hora, meninas e mulheres devem ver a sua liberdade respeitada. Apesar de uma enorme luta pelo reconhecimento deste direito, o caminho ainda é longo e todos os dias milhares de nós são violentadas e abusadas de todas as formas que possamos imaginar.

Tocar numa mulher é tocar em todas. É continuar a olhar-nos como objetos e não como seres livres, é privar-nos de sermos e de estarmos onde e com quem quisermos.

O preconceito relativamente às meninas e mulheres mantem-se bem presente nos modelos educativos que ainda hoje são utilizados, que continuam a remeter para a nossa, suposta, fragilidade e incapacidade.

Acredito na educação e no amor como as forças que movem o mundo. Acredito que atrás de uma voz muitas outras se erguem e que não nos podemos calar, nem deixar subjugar.

Tocou numa mulher, tocou em todas! Não nos calaremos, não nos deixaremos dominar, nem incapacitar!

Meninas e mulheres, de mãos dadas na luta por um mundo que nos respeite, que ouça a nossa vontade e faça cumprir a liberdade!

Eu luto e acredito!


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo