Parceiros
Mundo

Museu Grévin retira estátua de Putin alvo de vandalismos

- publicidade -

O Museu de Cera Grévin, em Paris, optou por retirar a estátua de cera do presidente russo Vladimir Putin da exposição pública, esta terça-feira, devido a vários actos de vandalismo de que a imagem foi alvo.

Conforme o diretor do museu, Yves Delhommeau, em declarações à France Info, a estátua «sofreu alguns ataques de visitantes no último fim de semana. Assim, o museu optou por remover a figura.»

Yves Delhommeau justificou ainda que «a nossa equipa não queria ter de mudar o estilo e fazer uma reforma em Putin todos os dias».

Putin está «debaixo de fogo» da opinião pública após ter avançado com a invasão de tropas russas à Ucrânia, cujos ataques já provocaram a morte de mais de 350 civis, incluindo crianças.

Esta também não é a primeira vez que a figura de cera de Putin foi alvo de ataque. Em Junho de 2014 uma ativista do grupo Femen atacou e destruiu a estátua do presidente da Rússia, num protesto pela visita do presidente russo para as comemorações do Dia D.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário