GrândolaMoitaPaísPalmelaSeixal

Municípios associam-se à ‘Hora do Planeta’

publicidade

O município da Moita volta a aderir à iniciativa da Organização Global de Conservação de Natureza WWF (World Wildlife Found) – “Hora do Planeta”, desligando as luzes do edifício dos Paços do Concelho, do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, das quatros bibliotecas municipais e dos reservatórios elevados de Alhos Vedros e Baixa da Banheira, no dia 30 de março, entre as 20h30 e as 21h30.

Palmela vai associar-se também à Hora do Planeta e desligará, simbolicamente, entre as 20h30 e as 21h30, a iluminação dos seguintes locais: Edifício dos Paços do Concelho; iluminação cenográfica do Castelo; iluminação decorativa da Praça Duque de Palmela; iluminação decorativa na Alameda D. Nuno Álvares Pereira; iluminação exterior do Cineteatro S. João; iluminação decorativa do Monumento ao Ferroviário, em Pinhal Novo; iluminação do Coreto do Jardim José Maria dos Santos, em Pinhal Novo; iluminação exterior do Centro Cultural de Poceirão; iluminação exterior do Mercado Municipal  de Quinta do Anjo.

No caso do concelho do Seixal, a autarquia irá desligar as luzes de dois edifícios municipais: dos Serviços Centrais, no Seixal, e dos Serviços Operacionais, na Cucena, em Aldeia de Paio Pires.

O município de Grândola alia-se à iniciativa e vai desligar entre as 20h30 e as 21h30 as luzes do edificio dos Paços do Concelho, do Mural do 25 de Abril e do Reservatório Elevado de Grândola.

A Hora do Planeta é uma iniciativa que começou em Sydney, em 2007, e durante uma hora o mundo fica “às escuras”, e que é hoje o maior evento mundial de ação ambiental. Apesar de simbólica, esta iniciativa é uma ação global de combate às alterações climáticas e de estímulo à consciência de todos para esta problemática.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui