Parceiros
Setúbal

Município de Setúbal diz que escolas precisam de requalificação de 36 milhões de euros

No dia 11 de julho foram debatidas as condições das escolas, na segunda reunião ordinária do Conselho Municipal da Educação, conduzida pela vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Carla Guerreiro. 

De acordo com o processo de transferências de competências, em abril, passaram sete escolas para a responsabilidade da Câmara, sendo elas: quatro dos 2º e 3º ciclo do ensino básico, duas secundárias e uma dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e secundário. 


Entre as escolas que necessitam de intervenções prioritárias, estão a Escola Secundária de Bocage e as escolas básicas de Aranguez, Barbosa du Bocage e de Azeitão. Os restantes estabelecimentos de ensino a carecer de intervenção são a Escola Básica Luísa Todi, Escola Secundária Dom Manuel Martins e a Escola Básica e Secundária Ordem de Sant´lago. 

Na avaliação da requalificação, construção e investimento dos estabelecimentos concluiu-se um gasto total de 36 milhões, 416 mil e 600 euros, para chegar aos objetivos traçados pela autarquia. 25 milhões, 666 mil e 600 euros são referentes a obras estruturais, oito milhões para pavilhões desportivos, um milhão e 400 mil à aquisição de mobiliário e um milhão e 150 mil euros para a compra de materiais. 

No Conselho Municipal de Educação foi exposta a situação do pessoal não docente, qual diz respeito à passagem de 96 assistentes técnicos e 436 assistentes operacionais para os quadros do município, não suportando, o Ministério da Educação, as despesas relativas a seguros de trabalho.  

No balanço do ano letivo de 2021/2022 foi considerado, como problema principal, a falta de professores e pessoal não docente nas escolas do município de Setúbal.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.