Cultura

Município de Palmela pede reforço ao Governo para a cultura

- publicidade -

“Pelo Reforço do Apoio à Cultura e às Artes” foi a moção da CDU e aprovada por maioria, com os votos a favor dos eleitos da CDU e do MIM, e com as abstenções dos vereadores do PS e do PSD/ CDS-PP.

A divulgação dos resultados do concurso bienal da DGARTES deu o mote para a moção que o Município de Palmela apresentou e que que denota a sua preocupação face aos apoios do Governo. O executivo considera insuficientes os incentivos para as áreas da Cultura e Artes.

Das 177 candidaturas consideradas elegíveis pelo júri do concurso bienal da DGARTES, 75 não vão receber qualquer financiamento. O que, para Município de Palmela, esta falta de apoios pode comprometer a sobrevivência de várias estruturas culturais, muitas delas com um legado de trabalho riquíssimo.

Na área do Circo Contemporâneo e Artes de Rua, a FIAR – Associação Cultural, foi uma das candidaturas excluídas de financiamento, comprometendo, assim, a realização do Festival Internacional de Artes de Rua (FIAR) e a continuidade desta Associação artística do concelho de Palmela.

Numa altura em que se prepara o Orçamento de Estado para 2020, o Município de Palmela sublinha a sua posição contra a municipalização da política cultural, da responsabilidade do Estado Central, e apela à adoção de novas medidas para que todas as candidaturas elegíveis no concurso bienal da DGARTES obtenham os apoios a que têm direito.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo