Almada

Município de Almada avança com teleassistência

- publicidade -

A Câmara Municipal de Almada iniciou a primeira fase do projeto de teleassistência que até outubro 2021, vai abranger 90 pessoas do concelho que se encontrem isoladas e/ou sem suporte familiar/social integrado no programa Outubro Social – Almada Somos Nós.

O projeto de teleassistência tem como principias destinatários pessoas idosas que vivam sozinhas ou que necessitem de um acompanhamento permanente, assim como a pessoas portadoras de deficiência física que desejem assegurar uma resposta mais célere em caso de necessidade.

O objetivo é minimizar o isolamento, dar mais apoio e segurança às pessoas idosas, contribuindo para a sua permanência no domicílio, com autonomia, evitando a institucionalização precoce ou indesejada.

O serviço de teleassistência consiste na colocação de um aparelho em casado utente, ligado ao seu telefone fixo. O aparelho tem um botão de alarme, à prova de água, e uma coluna altifalante. O utente possui uma pulseira com botão de alarme, para que o possa transportar facilmente.

Em caso de queda, qualquer tipo de ocorrência relativamente à saúde ou mesmo por questões de insegurança, o utente prime o botão, desencadeando de imediato uma ligação para a central do serviço.

Quando a central atende a chamada, comunica com a pessoa idosa através do altifalante, sendo feito um primeiro rastreio à ocorrência. A central dispõe de informação detalhada relativa à pessoa idosa, como doenças, tipo de problemas associados e contactos telefónicos da rede social/familiar.

Se algo aconteceu, é de imediato desencadeada uma chamada para as pessoas referenciadas como pessoas de apoio à pessoa idosa para que se desloquem a casa do mesmo. Em seguida, a central entra em contacto com a pessoa idosa, monitoriza a situação e, se for necessário, aciona os mecanismos de socorro.

Semanalmente, é ainda realizado um contacto com o utente para saber se este se encontra bem.

Fonte: Câmara Municipal de Almada

Reveja o debate com os candidatos à CM Alcochete

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo