Palmela

Munícipes apontam dedo à Câmara de Palmela

Câmara de Palmela esclarece sobre a falha de água nas torneiras dos pinhalnovenses.

- publicidade -

Nas últimas semanas as redes sociais tem sido “bombardeadas” com queixas por parte de Munícipes de Palmela a reclamar a baixa pressão nas torneiras. No passado dia 22 de março, a redação do Diário do Distrito recebeu mais de 25 emails de moradores da vila de Pinhal Novo e zona rural daquela freguesia a apontar o dedo à Câmara Municipal de Palmela por nada fazer para solucionar o problema.

O assunto da falta de água já foi levantada pela oposição à CDU no Município de Palmela, na altura o edil palmelense respondeu que devido aos anos terem passado pelas condutas e as mesmas estarem já com vários anos de uso, a Câmara de Palmela estaria a abraços com várias roturas naquela vila. Muito recentemente [duas semanas] a água começou a faltar nas torneiras da população rural da freguesia. Os relatos que nos foram chegando, davam conta que a água começara a escassear nas zonas de Lagoa da Palha, Vale da Vila, Palhota e até Venda do Alcaide [freguesia de Palmela].

O nosso jornal questionou os serviços da Câmara de Palmela que nos informaram que: “as situações relatadas terão haver com alguns incidentes distintos, que ocorreram em dois subsistemas de abastecimento público de água, em zonas diferente, e que não estão diretamente relacionados entre si", isto porque os problemas relacionados com a falta de água terão haver com o subsistema que abastece a zona de Batudes e Vale da Vila, ocorrendo assim uma rotura na conduto adutora, no final do dia 19 de março.

A autarquia refere ainda “a intervenção foi imediatamente intervencionada e o abastecimento estabelecido cerca da uma hora da madrugada do dia 20. Mas no sábado, uma nova rotura foi verificada perto do local anterior, o que levou a uma nova intervenção nesse mesmo dia entre as 16h00 e as 23h00.

Na vila de Pinhal Novo a autarquia assume que tem havido algumas falhas com a rede de água, assegurando que as mesmas estão a ser verificadas e reparadas por novos ramais, como o caso da Rua Luís de Camões e a Rua Padre Estevens Dias com a Rua S. Francisco Xavier. Mas assegura que em nenhuma destas reparações houve qualquer falha de água.

Por fim, o Município de Palmela apelou à compreensão de todos os Munícipes, reforçando que o investimento realizado pela autarquia vai reforçar o sistema de abastecimento e melhorar os serviços prestados a todos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui