AtualidadeJustiçaMontijo

Mulher detida com droga em creche ilegal fica com termo de identidade e residência

- publicidade -

A mulher que foi ontem detida em flagrante por suspeita do crime de tráfico de droga dentro de uma creche que funcionava de forma ilegal no Montijo, ficou sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência, disse hoje à agência Lusa fonte policial.

Numa resposta escrita enviada à Lusa, fonte do Comando Distrital da PSP de Setúbal, adiantou que, após ser ouvida no Departamento de Investigação e Acção Penal do Tribunal do Montijo, a mulher, de 20 anos, ficou sujeita à medida de coação penal mais leve e também que «o processo baixou para inquérito».

Na quinta-feira, a PSP de Setúbal deu conta que foram identificados 13 menores, entre os 18 meses e os 9 anos, num edifício precário que servia de creche ilegal, no Montijo, e detiveram uma mulher, em flagrante delito, pelo crime de tráfico de droga, mais concretamente de haxixe.

Na busca domiciliária, as autoridades apreenderam 159 doses de haxixe, um tabuleiro, uma faca com lâmina, uma balança, uma tábua de corte, um cachimbo e duas caixas metálicas.

A proprietária da habitação que, segundo apurou o Diário do Distrito, recebia crianças como ama há vários anos, terá acolhido a jovem agora detida.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo