CrimeLisboa

Mulher agride vigilante após assalto

- publicidade -

Uma mulher, de 52 anos, foi detida em flagrante delito pelo Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), no dia 12 de setembro, por ser suspeita do crime de violência após subtração. 

A suspeita foi intercetada por polícias num estabelecimento comercial, já depois de “ter sido ali retida pelo vigilante daquela superfície, por estar a furtar diversos produtos do interior da loja, preparando-se para fugir sem efetuar o respetivo pagamento dos artigos”, segundo informa, em comunicado, a PSP.

Após ser retida, a mulher “reagiu violentamente contra o vigilante, na tentativa de se ausentar, vindo a agredir o mesmo fisicamente”.

De acordo com a PSP, os objetos furtados foram restituídos ao seu legítimo proprietário, e a suspeita foi conduzida às instalações policiais, “a fim de ser sujeita às devidas formalidades legais”.

“A suspeita apresenta um histórico no cometimento de crimes contra a propriedade, tendo já sido intercetada pela PSP em crimes desta natureza, maioritariamente relacionados com a apropriação de objetos/produtos em espaços comerciais, inferindo-se uma predisposição indiscutível em fazer destes comportamentos modo de vida”, destaca a força de segurança. 

A mulher já foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo sido aplicada a medida de coação de apresentações semanais.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *