BarreiroJustiça

MP do Barreiro acusou homem por 97 crimes de violação agravada

- publicidade -

O Ministério Público do Barreiro acusou um arguido, de 49 anos de idade, da prática de 97 crimes de violação, na forma agravada, na pessoa da sua enteada.

De acordo com a acusação, em quase uma centena de ocasiões, o arguido, aproveitando-se da sua superioridade física, forçou a ofendida a com ele manter relações sexuais.

Os factos tiveram início no verão de 2017, numa altura em que a vítima tinha 15 anos, e prolongaram-se até 6 de março de 2020.

A investigação foi dirigida pelo DIAP da Procuradoria da República da Comarca de Lisboa, 2ª secção do Barreiro, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui