Setúbal

MP acusa ex-presidente do Vitória FC de invadir e destruir património do Bonfim

Paulo Rodrigues foi acusado pelo Ministério Público de Setúbal por ter invadido e danificado bens no valor de 9,8 mil euros dentro do Estádio do Bonfim.

- publicidade -

O ex-presidente do Vitória Futebol Clube, Paulo Rodrigues, foi acusado pelo Ministério Público de Setúbal por ter invadido e danificado bens no valor de 9,8 mil euros dentro do Estádio do Bonfim.

Os factos remontam a abril de 2019, quando Paulo Rodrigues entrou na área restrita do Estádio e danificou vários bens, desde portas a computadores, câmeras de vídeo, impressora e material médico, indica a acusação.

Em pleno estado de fúria, o ex-presidente dos sadinos causou danos na secretaria, balneários e posto médico. O arguido vai ser presente a tribunal singular


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo