Atualidade

Movimento Zero denuncia invasão por populares da Esquadra de Alfragide

publicidade

O grupo Movimento Zero denunciou esta tarde uma situação que ocorreu na Esquadra de Alfragide, Brandoa.

«A condução de veículo sem habilitação legal para o efeito resultou na detenção de um indivíduo durante o dia de ontem.

Os familiares deste indivíduo tomaram conhecimento da sua detenção e prontamente se deslocaram à esquadra onde o detido se encontrava.

Sem qualquer tipo de restrição, invadiram o Estabelecimento Policial a fim de conseguirem libertar o familiar.»

Segundo o Movimento Zero, «ao contrário do que no passado se fez crer, aqui se prova que, a par do caso da Esquadra de Alfragide, a invasão de Esquadras acontece!.

A invasão ocorre quando após alguma detenção ou condução à Esquadra para processo de identificação de algum(s) suspeito(s), os conhecidos e/ou familiares deste(s) não acatam a atuação e o procedimento legal executado pela Polícia.»

A referência às invasões de esquadras é dirigida à Juíza de Direito que conduziu o processo ‘ALFRAGIDE’ e que «em plena leitura de sentença referiu que: “(…) Não creio que meia dúzia de pessoas tentassem invadir uma Esquadra! (…)”.

Pois bem, aqui se faz a inequívoca reprodução que, meras três pessoas, foram eficazmente capazes de causar uma rebelião contra as Instalações do Estado e contra os elementos que representam a Autoridade do mesmo.»

Por fim, o Movimento Zero indica que «os invasores foram igualmente detidos» e exigem que «o sistema judicial se coloque na verdadeira posição de um agente de autoridade».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui